Ultrassom

O que é?

O ultrassom é uma onda mecânica com uma frequência alta (acima de 20 kHz), que está fora da capacidade do ouvido humano, por isso nossos ouvidos não captam seu som. Ela é capaz de ultrapassar a pele e assim mostrar a localização de algumas estruturas dentro do nosso corpo, se refletindo nelas e voltando. Quanto maior a frequência da onda de ultrassom, mais superficialmente ele penetra na pele.

Indicações:

O ultrassom estético normalmente é indicado para o tratamento da celulite, quebra da gordura localizada e para reduzir a flacidez do rosto e pescoço.

Contraindicações:

A técnica de ultrassom estética é contraindicada em pessoas com câncer, pois pode acelerar o crescimento dos tumores. Também não é indicada para pessoas com problemas de coagulação ou doenças circulatórias.

Normalmente o tratamento não é feito sobre fraturas não consolidadas, endopróteses, implantes metálicos (inclusive o DIU), coração (pois pode alterar a contração do músculo cardíaco), cérebro, olhos e ouvido. Além disso, não é feita em regiões com infecção, pois pode disseminar esse problema.Grávidas mbém são contraindicadas, pois pode ocorrer alteração no líquido amniótico e até gerar malformações no feto.

Como é feito?

O ultrassom estético é feito usando uma máquina diferente do ultrassom para uso médico, que normalmente são pequenos e de fácil transporte. Cada tecnologia é indicada para um fim:

O ultrassom estético não focado é indicado para o tratamento de celulite, mas normalmente aliado a outras tecnologias.

Já o ultrassom estético focado é dividido em dois tipos. O ultrassom de alta potência é capaz de penetrar 15 mm na pele, e é indicado para o tratamento da gordura localizada, por atuar de forma mecânica, comprimindo e “puxando” as células adiposas alternadamente, o que faz com que elas se quebrem. Alguns aparelhos inclusive usam outras tecnologias aliadas, como a radiofrequência e infravermelho.

O ultrassom focado de baixa frequência costuma penetrar até 4 mm da pele, e atua apenas criando vibrações nas células da pele. Quando elas vibram, provocam aumento do calor, e com isso o colágeno é estimulado. Isso ajuda a reduzir a flacidez da pele do rosto e pescoço.

Periodicidade:

É feito semanalmente ou quinzenalmente, e normalmente totalizam-se 12 sessões. Depois disso, sessões de manutenção podem ser feitas mensalmente ou a cada três meses.

Cuidados:

Cuidados antes ultrassom estético

É muito importante que a pele em que o ultrassom estético será aplicado esteja sem ferimentos. Outro quesito que não pode ser esquecido é relatar ao dermatologista quais medicamentos você está tomando, o médico precisa estar ciente, pois remédios que alteram a coagulação sanguínea podem facilitar o surgimento de hematomas após a sessão.

Cuidados após ultrassom estético

Normalmente não são necessários cuidados após a aplicação. Só é indicada a realização de exercícios físicos após as sessões contra gordura localizada para potencializar a queima da gordura que é quebrada no tratamento.

Para saber mais:

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked as *

*