Microagulhamento

O que é?

O microagulhamento é um tratamento em que são usadas diversas agulhas esterilizadas e de aço cirúrgico, que pode inclusive estar dispostas em um rolo (que tem, em média, 200 agulhas), para facilitar sua aplicação. Esse rolo é aplicado na pele, provocando pequenas punturas, que aumentaram a vasodilatação, estimularão a formação de colágeno e também aumentam a absorção de alguns medicamentos direto na pele, o chamado drug delivery.

Indicações:

O microagulhamento, ao furar a pele, faz com que o organismo produza mais colágeno e elastina para restaurar a pele. Esses componentes são essenciais para a firmeza da pele e essa produção faz com que toda a estrutura da pele seja refeita, reorganizando inclusive as fibras internas e dessa forma reduzindo as rugas, cicatrizes de acne e trazendo mais viço e firmeza para o rosto e corpo.

Contraindicações:

com diabetes não controlado ou câncer e com lesão ou doença de pele ativa na região que será tratada são todos contraindicados a fazer o microagulhamento. O procedimento também não pode ser feito em pessoas que ainda tem acne ou com herpes ativa.

Como é feita?

Primeiro é aplicado o creme anestésico, entre 30 e 50 minutos antes do procedimento em si. O microagulhamento consiste na aplicação de microagulhas na pele, normalmente feitas de aço cirúrgico ou titânio, que podem estar dispostas em um rolo. O comprimento das agulhas pode variar de 0,25 até 3 milímetros e ter diâmetro de até 0,8 milímetros. Estima-se que uma agulha de 3 mm, por exemplo, penetre 1,5 a 2 mm na pele. Quanto mais agulhas existirem por fileira no aparelho, menor é a penetração das mesmas.

Periodicidade:

Em geral são feitas entre três e quatro sessões de microagulhamento, com intervalo de um mês entre elas, para recuperação da pele.

Cuidados:

Os principais cuidados antes do procedimento são:

  • Deve ser realizada uma avaliação para indicar o melhor tratamento a ser feito com o microagulhamento;
  • É indicado que a paciente suspenda pelo menos três dias antes o uso de qualquer tipo de ácido que esteja usando para evitar possíveis quadros alérgicos;
  • É necessário realizar uma boa limpeza de pele;
  • É indicado ainda ingerir vitamina C, pois ela auxilia na produção de colágeno.

Depois do procedimento, as orientações básicas são:

  • Não utilizar protetor solar e maquiagem por pelo menos 24hs;
  • Não se expor ao sol durante o processo inflamatório (três a cinco dias após);
  • Evitar contato com animais e mãos sujas na região tratada, prevenindo assim o risco de contaminação;
  • Utilizar produtos com autorização do profissional que realizou o tratamento, para melhores resultados.

Para saber mais:

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked as *

*